HomePage do CHUC

Home  >>  Centro Hospitalar  >>  Órgãos de Apoio Técnico    >>  Comissões de Apoio Técnico     >>  Unidade de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos (UPCIRA)          

Unidade de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos (UPCIRA)
Pressione para Imprimir esta pgina...

  

 
 
Apresentação:

 

O Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (PPCIRA), programa de saúde prioritário da Direção-Geral da Saúde, foi criado através de determinação constante no Despacho n.º 2902/2013, sendo assim objeto de fusão o Programa Nacional de Controlo de Infeção (PNCI) com o Programa Nacional de Prevenção das Resistências aos Antimicrobianos.

No CHUC, o GCL-PPCIRA adotou a designação de Unidade de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos.

Os objetivos gerais do PPCIRA são:

- A redução da taxa de infeção associada aos cuidados de saúde (IACS);
- A promoção do uso correto de antimicrobianos;
- A diminuição da taxa de microrganismos com resistência a antimicrobianos.

Tendo em vista a implementação destes objetivos e as recomendações do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, com a necessária adaptação à dimensão da estrutura em que se inserem, o Despacho n.º 15423/2013 criou os Grupos de Coordenação Local (GCL) do PPCIRA, substituindo as Comissões de Controlo de Infeção e as Comissões de Antibióticos.

A Unidade de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos (UPCIRA) é um órgão de apoio ao Conselho de Administração, exercendo a sua atividade de forma global e integrada, assumindo os objetivos determinados pelo Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos, em consonância com as metas estabelecidas pelo Plano Nacional para a Segurança dos Doentes e as recomendações do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças e do Conselho da União Europeia.

A composição da UPCIRA  obedece à legislação em vigor, no que respeita ao núcleo executivo e a coordenadores, competindo ao Conselho de Administração a designação dos membros que o integram, e sendo apoiado técnica e cientificamente pelo Núcleo de Apoio Técnico e Consultivo, de natureza multidisciplinar.

A ligação da UPCIRA aos serviços é dinamizada pelo Núcleo de Elos - Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos, grupo multiprofissional cujos elementos são designados por solicitação do Grupo de Coordenação Local do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobiano, propostos pelos respetivos diretores de serviço, responsáveis de serviço ou enfermeiro gestor.

 

À UPCIRA compete:

a) Supervisionar as práticas locais de prevenção e controlo de infeção e de uso de antimicrobianos;

b) Garantir o cumprimento obrigatório dos programas de vigilância epidemiológica (VE) de IACS e de resistências aos antimicrobianos, nomeadamente a vigilância e notificação de microrganismos-problema e de microrganismos alerta e a implementação de auditorias clínicas internas;

c) Garantir práticas locais de isolamentos para contenção de agentes multirresistentes, assegurando a gestão racional dos recursos físicos existentes de acordo com a gestão de prioridades de risco e garantindo o fluxo de informação entre serviços e instituições;

d) Garantir o retorno da informação sobre VE de infeção e de resistências aos antimicrobianos às unidades clínicas;

e) Colaborar no processo de notificação das doenças de declaração obrigatória;

f) Promover e corrigir práticas de prevenção e controlo de infeção, nomeadamente no que se refere à higiene das mãos, ao uso de equipamento de proteção individual e de controlo ambiental, sobretudo a higienização de superfícies frequentemente manuseadas;

g) Promover e corrigir as práticas de uso de antibióticos, nomeadamente através da implementação de programa de assistência à prescrição antibiótica, tanto em profilaxia como em terapêutica, permitindo à UPCIRA a anulação do uso de antibióticos em situações em que não estão indicados ou utilizados por tempo superior ao necessário;

h) Rever e validar as prescrições de, pelo menos, carbapenemes e fluoroquinolonas, nas primeiras 96 horas de terapêutica;

i) Ter como interlocutores privilegiados o diretor de serviço e o enfermeiro chefe de cada serviço clínico, podendo as ações de ordem prática ser dinamizadas por um médico e um enfermeiro de cada serviço, que funcionem como elos no processo;

j) Fazer integrar as suas atividades no plano e relatório anual de atividades da respetiva comissão de qualidade e segurança, de acordo com o determinado no Despacho n.º 3635/2013 e no Plano de Atividades da UPCIRA.

A implementação efetiva, nas instituições hospitalares, das medidas preconizadas como necessárias à promoção e viabilização de boas práticas na área do controlo de infeção e da gestão do risco/segurança do doente é condição indispensável para melhorar processos e resultados.

 
Constituição

Coordenadora:
Dr.ª Cláudia Margarida Carvalho Santos Nazareth
 

Equipa:

Equipa Médica:

  • Dra. Cláudia Nazareth, Infecciologista
  • Dra. Ana Brett, Pediatra
  • Dra. Conceição Vieira, Patologista Clínica
  • Dr. João Rua, Internista
  • Dra. Margarida Prata, Infeciologista 

Equipa de Enfermagem:

  • Enf. Gestora Celínia Antunes
  • Enf. Ana Garrido
  • Enf. Ângela Dinis
  • Enf. Carla Ribeiro
  • Enf. Carla Rodrigues
  • Enf. Gilberto Vicente
  • Enf. Maria José Coelho
  • Enf. Sónia Neves
  • Enf. Ricardo Conceição
  • Enf. Rita Garcia
     

Assistente Técnica: Alda Madeira 

 

Núcleo de Apoio Técnico e Consultivo

Constituição:

Beatriz Maria Pinto Cruz Costa (médica de Cirurgia Geral)

Carlos Manuel Santos Bento (médico de Anestesiologia)

Catarina Maria Antunes Chaves (médica de Patologia Clínica)

João Pedro Gouveia Falcão Ferreira Baptista (médico de Medicina Intensiva)

Maria Isabel Costa Antunes (médica Medicina do Trabalho)

Teresa Margarida Rosendo Vaio (médica de Medicina Interna)

Eugénio Ferreira Neves Cordeiro (médico do Departamento de Saúde Pública da ARS Centro)

Elizabete Sousa Menezes Ormonde Mendes Grade (técnica superior de diagnóstico e terapêutica)

João Reis Alegre de Sá (diretor dos Serviços Hoteleiros)

Maria Graça Osório Amaral Gouveia Couceiro Costa (técnica superior de saúde, área de Nutrição e Dietética)

Marília João Silva Pereira Rocha (farmacêutica dos Serviços Farmacêuticos)

Ofélia Maria Machado Fernandes Carvalho (enfermeira chefe do Serviço de Esterilização)

Sandra Margarida Santos Andrade Caldeira Sousa (diretora do Serviço de Aprovisionamento)

Victor Paulo Rodrigues Pais (diretor do Serviço de Instalações e Equipamentos)

Zita Cristina Costa Espírito Santo (administradora hospitalar)

 


Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
Praceta Prof. Mota Pinto
3000-075 COIMBRA
PORTUGAL
Telefone: [+351] 239 400 400